Os 7 erros mais comuns dos novos empreendedores

Será que já cometeu algum destes erros?

Uma das atitudes que mais me fez crescer enquanto empreendedora foi aprender com os “erros passados” de quem já tinha os resultados que eu queria ter. Por isso vou partilhar consigo alguns dos erros que eu cometi principalmente no início do meu negócio, para que também possa aprender com eles.

 

 

1º Erro – Falta de Congruência

Este primeiro erro, foi aquele que eu talvez nesta lista toda, menos tenha cometido. Em inglês existe uma expressão que gosto bastante que é “Walk the Talk”, que significa que devemos fazer o que apregoamos. Ou seja, não basta criar um negócio numa área que goste só porque sim, porque leu um livro ou tirou um curso sobre o assunto. Eu vou criar um curso, produto ou serviço numa área na qual eu tenha resultados. Então é importante percebermos que nós não podemos apenas querer ensinar alguma coisa a alguém só porque sim.

 

 

2º Erro – Síndrome do Impostor

Basicamente são, contrariamente ao primeiro erro, aquelas pessoas que acham sempre que aquilo que sabem ainda não é o suficiente e que os outros não vão reconhecer nelas o know-how ou a habilidade de poderem ensinar determinada coisa. A verdade é que nunca chegará o momento em que estaremos 100% preparados para executar algo na perfeição, por isso o mais correto é dar passos e aprender com eles, em vez de esperar eternamente para que todo o conhecimento se reúna, porque isso nunca vai acontecer.

 

 

3º Erro – Procurar negócio área Rentável

Muitas vezes quando os meus empreendedores querem criar um curso online perguntam-me:

“Ana, qual é que achas que é a área de cursos mais rentável?”

Eu respondo sempre que a área de cursos mais rentável será a área que mais o apaixonar. Porque é isso que não acredito em áreas mais ou menos rentáveis. Acredito sim, que existem áreas que o apaixonem e é nessas áreas que se deve focar. Porque mais depressa ou mais devagar, uma coisa eu posso garantir-lhe: se olhar para todos os grandes negócios dos self-made millionaires, todos eles lhe vão dizer que ao início foi desafiante, mas havia algo que nunca os fazia desistir e isso era o quê? A paixão! O sentido de propósito por aquilo que estavam a fazer.

Ser empreendedor não é fácil, vai haver momentos muito desafiantes e acredita que naqueles momentos em que lhe apetece desistir é esta paixão que o vai fazer seguir em frente.

 

 

4º Erro – Não Delegar

Muitas pessoas acreditam que ainda não têm um negócio grande o suficiente para delegar, aquilo que eu acredito é que o seu negócio não é grande o suficiente porque não o delega. O que é que eu quero dizer com isto? Se ocupar grande parte do seu tempo em tarefas mínimas não vai ter tempo para aquilo que é realmente importante.

 

5º Erro – Achar que o Mundo Acaba na Primeira Oferta

Muitos dos meus empreendedores, quando estão a criar o seu primeiro curso online, querem logo colocar todo o seu conhecimento e experiência de anos e anos no seu primeiro curso. No entanto, isso não é de todo vantajoso, porque se você oferecer tudo, vai fazer com que o seu cliente fique assoberbado com tanta informação e não consiga processar tudo aquilo que tem para oferecer. Deste modo, provavelmente não estará disponível para comprar os próximos produtos que terá para oferecer.

Por isso é que costumo dizer que o mundo não acaba no seu primeiro produto/ serviço.

 

 

6º Erro – Encarar as Aprendizagens do Caminho como Fracassos

Conheço muitos empreendedores que fazem um lançamento online, têm meia dúzia de inscrições e acham simplesmente que o caminho não era por aí. Na verdade, nós verdadeiros empreendedores, sabemos que para chegarmos a um patamar de sucesso existiram várias “derrotas” no caminho.

Eu gosto de encarar essas derrotas como aprendizagens. Nunca vai conhecer nenhum empreendedor de sucesso que não tenha passado por estes obstáculos, que não tenha passado por desafios e que não tenha tido sucessivas derrotas, porque é isso que realmente faz o verdadeiro empreendedor, é saber olhar para essas derrotas não como um fracasso, mas sim como uma aprendizagem que faz parte do caminho.

 

 

7º Erro – Falta de Consistência

Muitos empreendedores começam tipo foguetão, ou seja, com uma grande energia na fase inicial de negócio, mas depois, vão diminuindo a velocidade. Isto porque e pegando no erro nº6, à primeira adversidade, acabam por desistir e não têm consistência na ação.

Por isso, mais do que oferecer quantidade, tem de oferecer qualidade e essa qualidade vê se na consistência

É necessário ter consistência se quer de facto criar um negócio de sucesso.

 

 

Estes erros têm muitos mais para se falar, mas assim de uma forma resumida, são os sete principais erros que eu noto principalmente em quem está numa fase inicial de negócio.

 

 

Ana Cristina Rosa

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Outros artigos:

FICA ATUALIZADO SOBRE TUDO O QUE FAZEMOS E PUBLICAMOS

X